segunda-feira, 19 de março de 2007

português - ivo filho (exercicio)

Estávamos tomando café, eu e minha amiga, uma psicologa formada e muito bem sucedida, que passava por  dificuldades no casamento. Tal assunto qual não posso ajudar, pois sou uma atriz e a posição de psicologa não é o meu forte. Porém, ela é minha amiga, então tive que ajudar.

- Mulher, to passando por uma barra terrivel lá em casa! Meu marido gasta tudo em jogos, bebe, chega em casa todo surrado e ainda fica me xingando..
- Ah, amiga, cê sabe como são essas coisas. Mas não posso te ajudar, porque, sabe como é né, vida de ATRIZ não é baseada em fatos reais, é tudo ficção. Então, mulher, faz que nem aquela irmã de Marta na novela, foje de casa e vai morar com tua irmã.
- Jéssica - responde, dando um tapa na minha cabeça - Se liga garota! A vida não é assim!
Uma luz encandescente se aproxima pela porta do bar e percebo que é o autor da novela que estou para fazer. Aqueles cabelos esvoaçantes balançando de lá pra cá, fazendo um leve som de "tchá-tchá" dão o charme maior a sua cor e seus olhos castanhos - quase mel - cintilantes. Vejo tudo aquilo se aproximar de mim e fico paralisada.

- Amiga? Jéssica? Que foi mulhé? Me escuuta! - Taynara repete, até notar minha perplexidade com a beleza do homem que encaminhava.
Ele se aproxima, encosta o braço no banco e grita:

- Jéssica, filha, já são DEZ HORAS! Você não tem noção de tempo não bicha? Fica aí perdendo tempo conversando com sua amiguinha - gritou a bixa louca, que quase eu não conseguia assimilar ao papel do homem-lindo a minha frente, em um tom de desdém. - Vamos amiga! Estamos atrasadas pra entrevista com aquela repórter super famosa.
Saindo do transe, recuperei minhas forças e acabei sendo praticamente arrastada por ele/ela pra fora do bar, pra dar a tal entrevista.

A reporter era linda, bonita mesmo, cabelos loiros, olhos azuis como água e pele bem lisinha, daquelas que todo dia faz um tratamento de esfoliamento.

- Estamos aqui com a convidada especial, a atriz Jéssica Buckowviszki que vai estrear na próxima novela das oito: Luisa mandou um beijo. E acompanhado dela, o autor da novela. Senhor Adriano, me conte as novidades para ficarmos ligados nos próximos capítulos!
- O que posso afirmar é que os próximos capítulos serão marcantes e ardentes!
- O meu papel - respondi, eufórica (não é todo dia que agente tem uma reportágem nao é mesmo?) - vai ser da mocinha que vira malvada no final. Vou ter que usar uma peruca loira, não gosto muito, mas fazer o quê, é vida de ATRIZ nao é?

De repente um ônibus com uma motorista vestida toda de rosa, esta que eu conhecia, chamada carinhosamente por Tetê invade a calçada por nervosismo de ter quase batido num gatinho novo. O ônibus sobe pela calçada e entra dentro do bar onde minha amiga se encontrava. Uma tragédia, pelo menos eu sobrevivi pra contar história. Ótimo, isso ja vai aumentar mais ainda o meu curriculo. Uma chuva de ambulâncias, policias e jornalistas invadiram toda a rua. Faz cara de choro e conta tudo de uma forma mais trágica possível, Jéssica.

2 comentários:

Thábata disse...

Gente! Parece cena de cinema.
Sinto muito pela sua amiga. :*

abominnavel disse...

Reportagem do mês: A atriz Jéssica Buckowviszki milagrosamente sobrevive a um acidente envolvendo um ônibus. O que faz com que a audiência da novela "Luisa mandou um beijo" cheguem a oitenta pontos no Ibope...