terça-feira, 1 de julho de 2008

1 de julho

É julho.

Nunca pensei nada sobre esse mês, mas um post no Salada me fez pensar em coisas que eu via e não parava pra enxergar. Não é nada sobre política, como o post lá têm, mas é só que.. o mês de julho tem uma certa importancia significativa fora os outros meses - que também têm, não é?

Julho é o mês dos cancerianos(pessoas do signo de câncer). Não sei bem ao certo, talvez por eu acreditar nessas baboseiras de signo, mas o mês mesmo tem uma ligação com o signo. Julho é um mês caloroso e cheio de altos e baixos - alguns altos demais, que permanecem até o fim do mês, outros baixos demais, que podem durar mais que um mês, ou quem sabe os que vão e vêm podem oscilar durante todo o mês.

É em julho que ocorre o transporte, a diferença entre o começo do ano e o final. Em julho é quando ficamos com uma de nossas pernas no degrau do fim do ano e a outra totalmente enterrada no começo. Julho é o mês de saída, mas também é o de chegada. É o que fica entre, podendo ser o mês mais gostoso como também o mais deprimente. É um mês de inspiração pr'o novo, ou uma renovada pr'o velho.

O mês de julho é um mês vitalício, um mês intenso e cheio de agonias, dúvidas, ascenções ou desgraças. Tudo pode acontecer em julho - inclusive nada. Acontece que, querendo ou não, você se transporta de um lado para outro do ano - e isso pode te mudar de alguma forma, sua família ou até seu trabalho - ou pode permanecer na mesma de sempre, sem que nada de novo aconteça.

Talvez julho tenha mesmo uma relação com Câncer. Por ser ascendente nele, sei muito bem da sua insegurança, das mutações que ocorrem, de querer tudo muito bem ponderado. Também é o signo onde as emoções ficam à flor da pele, a intensidade é que comanda quase tudo - porém, é um signo muito racional, daí o fato de querer tudo com cuidado e uma consideração minuciosa.
E parece que o mês é bem assim também.

Por ser o mês do meio, é o mês das mudanças. Mudanças, como eu já falei no post passado, são inseparáveis do ser humano, coisas que acontecem tão independente quanto dependente de nós. E, afinal, mudanças não são coisas simples de se fazer. Todas deveriam ser muito bem calculadas até chegarem a um resultado final exato - outra característica do canceriano. Algumas mudanças são difícieis, com muitos obstáculos pela frente, na qual devemos recorrer à alguem ou alguma coisa. Já outras podem ser simples, contudo, fazendo uma diferença enorme.

Então, aproveite o mês de julho pra mudar em algumas coisas. Não precisa sair por aí querendo mudar o mundo, até porque, não é você sozinho que vai conseguir. Mas não custa nada mudar em algumas coisas, coisas suas mesmo, ver por outro lado algumas opções de vida, tentar enxergar - como eu - o que não se está(va) vendo. É bom, às vezes, fazer uma lista (mental ou não, tanto faz) das coisas que você já fez e que deseja mudar. É bom evitar ares que você sabe que não são bons pra você e procurar novos que te fazem bem. Quem sabe, alguma novidade aparece pra te fazer mais feliz?

Julho é o mês onde conquistas e perdas acontecem, mas não é só por que algo aconteceu que se deve ver somente o lado ruim. Tente ver o lado bom das coisas, da vida, quem sabe por um ângulo melhor, já que a transição do mês ajuda um pouco. Se está tudo ruim, tente se superar. Tentar não custa nada - é uma das poucas coisas que não se paga pra fazer (ainda) - e se você não tentar nunca vai saber do que é capaz. Se não sabe como nem quando fazer, se supere mais a cada dia, vai indo até chegar onde é o seu limite. Mas, pense bem antes de se resolver e tente ver quais são realmente as possibilidades para que as coisas aconteçam. E quando pensar que tudo está resolvido, tente mais uma vez, talvez falte um pedaço ainda, algo que você não prestou muita atenção.

Julho é onde tudo pode acontecer. Mas isso só depende de você - 'ouuu será que nããão?' (frase de Cosmo - Padrinhos mágicos)



Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,

Muda-se o ser, muda-se a confiança;

Todo o Mundo é composto de mudança,

Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,

Diferentes em tudo da esperança;

Do mal ficam as mágoas na lembrança,

E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,

Que já coberto foi de neve fria,

E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,

Outra mudança faz de mor espanto:

Que não se muda já como soía.



Luiz Vaz de Camões



15 comentários:

mel disse...

Primeeeeira ;D

mel disse...

Então, eu concordo plentamente com a maioria das coisas que você falou sobre o mês de julho e é um mês muito importante mesmo.

É a metade do meio de um ano em que pode ter começado péssimo e tem tudo para mudar. Ainda assim, você falou muito de mudanças e concordo que mudar (de preferência pra melhor) é fundamental e melhor ainda é não escolher épocas para mudar, mudar sempre que possível :D

É uma coisa muito boa de se fazer, infelizmente é muito difícil, é difícil rever velhos conceitos e admitir que os métodos anteriores não são os melhores...mas, no final é tudo amadurecimento! =)

Você diz que gostava dos meus textos! Obrigadaaaa =)
Eu também adooooroo os seus, muito mesmo!

Rapaz, quando quiser, me manda uns e-mails: melinafss@gmail.com
Não te dou o msn porque nunca entro muito (porque tô jogando ou estudando) e também porque não sei direito o endereço =P

:*

Rafael disse...

Brutal, esse mês é tudo o que vc disse mesmo, eu posso até fazer uma comparação de julho com o inicio da puberdade pra um cara(lá por volta dos seu 12 aos 14 anos), que é quando um menino "cresce"(pelo menos fisicamente, mentalmente?!ai já é outra coisa =P), se desenvolve e passa por um mói de mudanças(algumas muito ridiculas e ao mesmo tempo engraçadas, como a "temivel" mudança de voz).Mudanças o que realmente seria isso? será que é de comer? ou será que é aquilo que todo mundo almeja, mais nunca consegue,eu realmente não sei bem, eu não sei nem quem eu sou e também não seise quero mudar,mudar é legal, dependendo da mudança e dependendo do mudador(a)

obs:não repara não, são os efeitos das drogas na infância(me diziam que era apenas balinha = [).

Maria Fernanda disse...

Fiz um texto sobre Julho no P.S. também. Está depois desse meu novo...
Eu gosto de julho... Com esse cheirinho de preguiça e chocolate quente, frio de doer e doses extras de carinho :)

beijo boneca ;*

Marina Melz disse...

julho é sempre um mês estranho na minha vida. talvez seja o signo de câncer!

Segunda a Sexta disse...

Julho é um signo especial pra mim... depois de ontem (dia 1) tudo muda, não sei explicar direito.

Eu sou suspeito de dizer, afinal, sou canceriano do dia 3... :P

Beijo!

Fillipp disse...

eu acredito q o mês de Julho para mim eh o mês da preguiça...de muitos cuidados principalmente...

pooooo...eu sou louco por esse blog!!! ;DD

e esse do "Ou será q naum?!" foi o melhor!! \o/

Vanessa disse...

Querida, jéssica...
tava sumida daqui. Que saudade de comentar na blogsfera.
Tive dias corridos, corridos mesmo.
Final de semestre e loucura total.
Sabe que nunca pensei muito sobre o mês de julho? Depois que li isso aqui fiquei refletindo, refletindo...
acho que ele tem tudo pra ser um dos melhores meses desse ano pra mim. As coisas estão boas demais.
hehhe

beijão, querida.

JLM disse...

Oi linda,

Eu diria q o mês de julho é onde começa o ano.

Pensa só: É mês férias, só q sem toda aquela pressão de aguentar parentes chatos ou dar presentes obrigado. São férias até dos parentes e dos presentes. Não tem baderna. É pra vc ficar relax, pra desestressar. Tanto q ele nem tem feriados, não precisa.

Em julho, vc geralmente pára pra refletir como gastou os seus últimos 6 meses e como eles passaram rápido. Daí, faz uns ajustes aqui, umas substituições ali, trocando atacantes e zagueiros para q o seu time não perca, mas pelo menos empate.

Em julho, vc está disposto a aprender novas coisas (olha os cursos intensivos), conhecer novos lugares (dá pra ir pro Sul ver oq é frio ou fugir de lá pro calorzinho) e consequentemente nova pessoas. É renovar-se por completo qdo já andou um bom trecho e sabe que tem outro tanto pela frente.

Julho pra mim é o início da vida. Da minha, literalmente, da dos outros, filosoficamente.

1 abraço.

Lilian Philippi disse...

Julho pra mim só lembra o frio, o resto já congelou na minha memória por causa do frio de julho! haha
É brincadeira! Julho tem mesmo essa sensação de daqui pra frente...
Enfim, gostei do texto, n entendo nada de signos, mas agora já sei coisas sobre Câncer. Legal!
Bjs

Ana Baldner disse...

Seu texto foi maravilhoso... me fez pensar em tudo o que eu preciso mudar... e como estamos no inicio de julho eu ainda tenho o mês todo para trabalhar nessas mudanças...

bjs

ViNícULa disse...

julho é um mês caloroso?

em que mundo tu vives?

julho é o mês mais frio do ano

é inverno...



hehehhehehehhe




também não acredito em signos e creio que não haja um mês para mudanças
todos os meses devemos mudar
todos os dias, se possível

para que o viver se torne algo mais divertido
ou pelo menos, não tão chato


=)

Zé Carlos disse...

Jéssica, um beijo grande.... venha comer um chocolate !!!

Bjs do ZC

Sw? disse...

adoro mudanças.... grandes e pequenas...td bem q eu fico meio perdida no omeço mas, sou uma metamorfose ambulante, como raulzito hehe

po... adoro esse pema do Camoes, tipo, acho um dos melhores do cara!

abraços teh mais quilida

WILLIAM (Penso, Logo Escrevo...) disse...

Gostei do seu Blog.
É bom encontrar textos que nos dão prazer em lê-los!