sábado, 12 de julho de 2008

Insegurança

Sentir-se insegura faz parte do ser humano. De alguma forma, chega a ser involuntário o sentimento de insegurança. Por mais auto-suficiente que se possa transparecer, com certeza, no íntimo, há insegurança.

Por mais besta que possa parecer, mas todo mundo está muito cheio de se sentir seguro. É até raro, por exemplo, ver alguém que é realmente seguro de si, auto-suficiente, independente. Vão dizer que as mulheres são assim, mas, garanto-lhes, homens, vocês estão tremendamente enganados.

Mulheres são interessantes. Não é a toa que muito homem gosta delas. Como podemos ser - ao mesmo tempo - as rainhas (de salto e vestidinho) da independência do século XXI e sentirmos tanta insegurança quanto à tudo?! Bem, com certeza não é só sobre homens que as mulheres se sentem inseguras. Mas com relação à tudo: desde o dedo da unha do pé ao cabelo. E aí entra família, amigos, e até elas mesmas.

Eu acredito que os homens também sentem insegurança. Na verdade, todo ser humano - com essa máquina oculta em cima do pescoço - deve sentir insegurança. Em alguns momentos, talvez por alguma coisa, alguma pessoa. Ou até por si mesmo.

E porque não os animais? Ora, ora, os animais não protegem suas crias? Por acaso eles não sentem insegurança de perdê-los?

Talvez a insegurança seja uma forma de proteger-se de alguma coisa que poderá acontecer. Ou escondendo-se atrás de um muro em meio ao bombardeio - não só de informações - que o mundo é hoje. Talvez seja um instinto hereditário, mas ninguém sabe com quem ou como começou tudo isso. Ou talvez seja tudo uma grande mentira. Bem, só de falar já bate o medo de que tudo acabe de uma vez só.

O grande sentimento de insegurança prejudica - lógico, tudo que é demais faz mal. Mas talvez faça bem sentir isso, não é à toa que ele está internamente dentro de todo mundo. É uma briga contra o bem e o mal. E, talvez, tudo seja assim mesmo.

Afinal, essa coisa de bem e mal é tudo relativo mesmo. Einstein já não dizia?!


*edit:
E pra comemorar o dia do rock, vá a algum show e não fique inseguro de se soltar. Apesar de acharem que o rock acabou, para mim ele continua vivo, mas jamais como antes. Cada época com sua época, cada estilo com seu estilo. Como eu pensei antes de ver o post das pessoas, algumas coisas mudam, não tem como ser a mesma coisa sempre - até porque encheria o saco. Mas isso não é sinônimo de que algo morreu, apenas mudou. Podendo ser para pior ou melhor. A mesma coisa com a MPB e com os demais estilos musicais.
E eu prefiro o rock nesse quesito, mesmo. :)

16 comentários:

Anônimo disse...

jeeeeeeeeeeh! tah massa, serio mesmo. como te falei colocou em palavras tudo aqui q a gente sente, e q eh MEGA dificil falar!
beeeijos futura jornalista!
x********

- júnior, disse...

boom, booom! gostei sério!
escreve bem! (y)
e os homens são mais inseguros aiiinda, pode acreditar! =x
mas e tu, tá com insegurança em relação a que? =x

Paula disse...

Eu tento restabelecer minha segurança diariamente. Evito pensamentos que podem me trazer esse tipo de sentimento e tento não me envergonhar do que ainda não fiz. Acho que o segredo da segurança é a maneira como encaramos as coisas.

Vanessa disse...

A danada da insegurança.
Hoje tou assim, todinha insegura porque tenho coisas importantes a fazer amanha.
Medo de dá errado, de não sair da forma que eu imagino. Isso é péssimo.
Mas faço um trabalhão comigo pra deixá-la de lado. Vale a pena ver os seus pontos positivos, o quanto você é boa em determinada coisas.
Vale a pena.

beijaoo

www.essencianoar.blogspot.com
PS. tou com preguiça de logar.rsrs

Patricia Daltro disse...

Não conheço ninguém que em algum momento de sua vida nãotenham se sentido inseguro. Homens, mulheres, todos nós. Podem disfarçar, mas o medo do desconhecido é comum a todos.

.Ná. disse...

O problema é que a gente pensa tanto sobre as coisas que permitimos ficar em dúvida... daí vem essa porcaria de insegurança.
Beijos

Myn disse...

A insegurança é aparece porque pensamos demais nas coisas, queremos complucar demais...

Fee disse...

Adorei.

E olha, insegurança é o medinho de lá de dentro da gente que nos mostra até onde podemos ir - ou não ;)


beijooo.. adoro teu blog !

Myn disse...

Acho melhor não, Jessica..
o meu outro é conhecido por aqui e queria manter o anonimato. ME SNTIR MAIS LIVRE...
Acho melhor apenas ficar como a Myn..;)

Marina Melz disse...

insegurança é boa, se contrlada. assim como orgulho.

Maldito disse...

Mudanças são sempre válidas,...

Porque caimos? PAra aprendermos a se levantar!

Bjs

Inté!

camila disse...

doreeeeeii
heein
me visitaa tah?
by:
http://imensidadx3.blogspot.com

Ingridi Kroeger disse...

uaaaaaau!

Todos sentimos insegurança sim
e q viva a mulher!

E acredite, o rock ainda esta vivo
amei o texto
to linkando aki taa ?
beijo grande

mel disse...

Putz, séculos sem vim aqui...
Desculpa :/

Mas, sobre o post:
Ah, insegurança é fogo né ;D
E acho que você resumiu em poucas palavras o que a maioria das pessoas sente, acho que a insegurança só tá aí por estar como todos os outros sentimentos, nós deixamos que eles existam e só depende de nós como controlá-los.

;*

Camila disse...

bah insegurança deve ser uma coisa da evolução, pq é ela que nos parametros para que possamos nos colocar em segurança, é paradoxal mas enfim, sobrevivencia da especie.
e eu tb sou mias fã do rock...

beijaoo

Ana Baldner disse...

Tudo o que é demais é ruim mesmo... eu sou insegura e as vezes demais... tenho que mudar isso e eu tento...

bjs